Entendendo o E do ESG: conheça os fatores ambientais da empresa

23/07/2021

Uma das tendências recentes no mundo corporativo é a adoção de práticas sustentáveis, levando em consideração os fatores ambientais da empresa, bem como os quesitos sociais e de governança. Essa prática ficou conhecida como ESG (Environmental, Social and Governance).
 
Já abordamos por aqui algumas das principais características do ESG nas empresas e, agora, chegou o momento de conhecer na prática como incorporar essas iniciativas. Para isso, vamos destacar o “E”, que refere-se ao meio ambiente, guiando as organizações a questionar os seus impactos naturais e inspirando a criação de posicionamentos ecologicamente corretos.
 
Acompanhe a leitura para entender o E do ESG e conhecer os fatores ambientais da empresa para melhorar a sua economia, imagem da marca e resultar em mais vendas!
 

Quais fatores ambientais da empresa são considerados sustentáveis?

O “E” do ESG refere-se fundamentalmente aos fatores ambientais da empresa, isto é, à preservação dos recursos e promoção do desenvolvimento sustentável. Sendo assim, na aplicação de iniciativas ecologicamente corretas, vale a pena considerar algumas práticas relativamente simples, porém eficientes, como:
  • Eliminação do papel e substituição por tecnologias digitais;
  • Redução na emissão dos gases do efeito estufa;
  • Promoção de processos com eficiência energética;
  • Gestão inteligente dos resíduos e processos;
  • Uso de dados para mensurar a sustentabilidade do seu negócio;
  • Promoção de uma cultura organizacional voltada à sustentabilidade;
  • Engajamento dos colaboradores com o desenvolvimento sustentável;
  • Escolha de fornecedores ecologicamente corretos.
Ou seja, para além da adoção de processos relacionados aos fatores ambientais da empresa, é preciso implementar a cultura sustentável no seu negócio.Dessa forma, é possível transformar as iniciativas, bem como a mentalidade de todos os envolvidos na organização.
 

Como a geógrafa Lívia Humaire transformou os fatores ambientais da empresa

Dentro dessa perspectiva ecológica, a geógrafa Lívia Humaire decidiu abrir um negócio em São Paulo que aplicasse bem o “E” do ESG, considerando os fatores ambientais da empresa e as necessidades do mercado. Foi assim que ela inaugurou o Mapeei - Uma Vida sem Plástico, em setembro de 2018. Depois de anos trabalhando como consultora de treinamento comportamental, Lívia se especializou em sustentabilidade e conheceu o movimento zero waste (desperdício zero).
 
Com apenas 18 meses de atuação, a Mapeei conseguiu reduzir a emissão de mais de 960 mil canudos plásticos, 24 mil absorventes femininos e 7,8 mil embalagens de xampu. Além disso, a Mapeei também apóia marcas que visam reduzir o desperdício em seus processos, com a diminuição do uso de plásticos, resíduos e embalagens. 
 
Ou seja, a Mapeei colabora para que os fatores ambientais da empresa sejam considerados em uma perspectiva ampla, contribuindo para o desenvolvimento sustentável das organizações e preservação dos recursos naturais.
 

Saiba como transformar os fatores ambientais da empresa com SAP Concur nas Nuvens

A SAP Concur nas Nuvens é um evento que acontecerá no dia 11 de agosto de 2021 e vai abordar o tema ESG. Inclusive, a Lívia Humaire estará presente na ocasião, falando mais sobre a letra “E” e como melhorar os fatores ambientais da empresa.
 
Inscreva-se agora mesmo no SAP Concur nas Nuvens e venha transformar os fatores ambientais da empresa com a gente!

Tags:

Tecnologia