Transformação digital no varejo: tendências e futuro do comércio

23/03/2021

Para aumentar as vendas, não é de hoje que os empresários e comerciantes necessitam investir na transformação digital no varejo.
Afinal, as empresas precisam se modernizar e se digitalizar para otimizar operações, reduzir custos e obter melhores resultados. Uma prova disso é a pesquisa “Maturidade Digital Brasil”, feita pela McKinsey. Segundo o estudo, os negócios com maior maturidade na transformação digital registram taxa de crescimento da lucratividade três vezes maior do que a concorrência.
Especificamente no segmento do varejo, a Capgemini fez um levantamento detalhado de como as tecnologias são aplicadas em prol da transformação digital. E os dados indicam que as empresas ainda não estão plenamente preparadas para atingir a maturidade digital. Veja:
  • 60% das empresas de varejo usam as tecnologias digitais para oferecer uma experiência consistente para os clientes entre os canais;
  • 45% utilizam ferramentas em suas ações de marketing;
  • Apenas 29% empregam na personalização da experiência de venda;
  • Só 33% usam a tecnologia móvel para apoiar as iniciativas de atendimento;
  • E somente 24% dizem realizar vendas por canais móveis.
Avanço da transformação digital no varejo com a pandemia Se a situação já era totalmente favorável ao uso da transformação digital no varejo, com uma perspectiva de inovação e diferencial competitivo, a pandemia do coronavírus fortaleceu ainda mais essa situação. Isso porque foram impulsionados o e-commerce e as compras online, exigindo que os comércios se adaptassem a este novo contexto. O que requer uma gestão e operação de vendas, compras, estoque, finanças, entregas, relacionamento com os clientes, despesas e cobranças, totalmente digital.
 
Inclusive, o e-commerce brasileiro teve crescimento do faturamento de 73,88% em 2020, em relação ao ano anterior, revela o índice MCC-ENET.
Neste cenário, o estudo “Transformação Digital no Varejo Brasileiro”, realizado pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) em parceria com o OasisLab, já mostrou o crescimento das iniciativas digitais. Em 2020, 38% dos varejistas já contavam com investimentos estratégicos digitais em pessoas, processos e tecnologias. Este número representou um aumento de 65% em relação a 2019.
Com isso, fica claro que o futuro do varejo reserva um comércio híbrido com predomínio do e-commerce, consumo e vendas por redes sociais, e também com o crescimento dos serviços de assinatura em alta.
 

Como se adaptar às tendências e à transformação digital no varejo

Depois de conhecer estes dados e saber sobre o momento atual da transformação digital no varejo, vamos ver como se adaptar a tais mudanças no seu comércio e se atualizar. Para isso, separamos as principais tendências que os gestores devem ficar de olho para colocar em prática e quais ferramentas tecnológicas ajudam no gerenciamento do negócio digital.
 
Atendimento digital
O atendimento ao cliente de maneira digital, seja com bots, inteligência artificial ou por meio de redes sociais, ajuda a eliminar as barreiras físicas. Dessa forma, permite solucionar dúvidas e reclamações com rapidez e eficiência.
 
Estoque 4.0
Entre as possibilidades do estoque 4.0, está o modelo de dropshipping, em que a venda de produtos pode ocorrer sem a necessidade de um estoque físico em armazém. A modalidade consiste em receber os pedidos dos clientes e encaminhá-los ao fornecedor, possibilitando o envio direto em nome da empresa. Outra opção de modernização do estoque consiste no uso de tecnologias para integrar informações de vendas, estoque e compras, de olho na previsão de demanda dos clientes. Assim, é possível ter o armazenamento ideal de produtos para não haver indisponibilidade e nem excesso.

Varejo social

A maioria das grandes marcas já utilizam as redes sociais como uma estratégia para promover seus produtos e incentivar as compras dos consumidores. Então, o varejo social não é mais novidade. Mas quem ficar de fora dessa prática de transformação digital no varejo vai perder ótimas oportunidades de negócios.

Inteligência de localização

É fundamental aliar as estratégias digitais com as ações em pontos de vendas físicos. Neste sentido, um processo que abrange os dois mundos está no estudo de dados de mobilidade, do perfil dos clientes e suas preferências, para identificar a melhor localização da loja física. Do mesmo modo, as análises de informações permitem identificar melhorias no design da loja para dispor os produtos da melhor forma possível a fim de maximizar as vendas.
 
Gestão por dados
Cada vez mais, uma gestão data-driven, ou seja, guiada por dados, está em pauta nas empresas para implementar de vez a transformação digital no varejo. Com as informações mapeadas e analisadas, tanto no ambiente online como no físico, é possível antecipar tendências e mudanças no comportamento dos consumidores. Com isso, o comércio pode oferecer produtos, serviços e experiências mais personalizados a essas novas necessidades e exigências.
 
Gestão financeira digital
As tecnologias financeiras estão em alta. Entre as opções mais inovadoras, estão mobile banking, QR Code, NFC (pagamento por aproximação), biometria, criptomoeda e até pagamento por reconhecimento facial. Então, os departamentos financeiros do varejo precisam ficar antenados para atender a essa demanda e proporcionar soluções que facilitem a rotina do consumidor. Mas, além disso, é importante realizar a gestão de custos internos com o controle completo das despesas corporativas por meio de um sistema eficiente. Afinal, imagina cuidar das despesas iniciadas por colaboradores de forma manual ou em planilhas. É inviável! Dessa forma, seria muito fácil perder tempo gerenciando as despesas e faturas, podendo também perder clientes e vendas.
 
Conte com o SAP Concur
Solução inovadora de gestão de despesas iniciadas pelos colaboradores, o SAP Concur Expense ajuda na transformação digital no varejo. A ferramenta otimiza o gerenciamento de gastos e permite que você tenha mais tempo para se dedicar aos seus clientes. De maneira prática, o sistema captura dados de praticamente todas as transações, fornece uma visão mais clara de gastos e facilita a realização correta do processo de gerenciamento de despesas e faturas, incluindo a análise de reembolsos e a aprovação de relatórios de despesas.
 
Assim, com o SAP Concur Expense para o varejo, você economiza tempo e dinheiro, tanto dos funcionários como dos gestores. Quer saber mais detalhes? Entre em contato agora mesmo com nossos consultores e solicite uma cotação!