5 impactos negativos de não assegurar a proteção de dados

26/07/2021

Ao falar de proteção de dados, é essencial considerar que, no ápice da Era Digital, os dados tornaram-se uma das commodities mais valiosas e mais cobiçadas do mundo. Dados pessoais, dados sensíveis e dados financeiros podem conceder mais poder a um indivíduo ou empresa do que podemos imaginar.
 
Atualmente, os negócios lidam com inúmeras informações em sua rotina e operação, podendo lidar com dados sobre o seu próprio CNPJ, dados pessoais de clientes, fornecedores, colaboradores e quaisquer pessoas ou instituições envolvidas com a organização.
Por estas razões, cada vez mais o mercado cobra uma postura transparente e segura das empresas quanto às suas estratégias e ações para garantir a proteção de dados, havendo agora, também, um respaldo legal com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).
 
Vale lembrar que pelo menos 64% das empresas brasileiras ainda não alcançaram a conformidade com a LGPD, segundo pesquisa da Akamai Technologies. Então, neste cenário, o artigo de hoje apresentará as principais consequências negativas da negligência com a proteção de dados por parte das empresas, além, claro, das multas milionárias sancionadas pela ANPD (Autoridade Nacional de Proteção de Dados).

1. Falta de compliance

Esse fator é causador e, ao mesmo tempo, consequência da indiferença com a proteção de dados. A falta de compliance é a ausência de preocupação em seguir leis e padrões que regulam como os dados devem ser tratados e protegidos.
 
Para o mercado, o compliance, muitas vezes, é sinônimo de ética. Quando uma empresa deliberadamente não cumpre a LGPD, por exemplo, que é atualmente a única lei que regula especificamente a proteção de dados no Brasil, é como se esta empresa declarasse que não cuida dos dados de seus clientes de forma ética.
 

2. Prejuízo financeiro com sanções

Um resultado direto da falta de compliance é o prejuízo financeiro com sanções previstas em regulamentos sobre proteção de dados. Observe algumas sanções passíveis de serem aplicadas no Brasil hoje:

LGPD

  • Bloqueio de uso de dados, podendo inviabilizar o modelo de negócio;
  • Multas de até 2% do faturamento, chegando até R$ 50 milhões.

Marco Civil da Internet

  • Suspensão das atividades com uso de dados;
  • Proibição das atividades com uso de dados;
  • Multas de até 10% do faturamento.

3. Má reputação

Quando uma empresa não segue regras e o público toma conhecimento disto, a tendência é que o mercado e os clientes evitem manter relações com este negócio. O mesmo princípio se aplica para empresas que não seguem as legislações e regulamentos de proteção de dados.
 
Esta empresa, provavelmente, vai ficar com uma má reputação entre outras organizações ou mesmo entre os consumidores finais. Com certeza, os consumidores pensarão mais de uma vez antes de fornecer seus dados para uma empresa que não assume uma postura ética quanto à proteção de dados.
 
Além disso, tais problemas podem afetar até a atração e retenção de talentos. Assim, a empresa terá dificuldades para manter o mesmo grupo de funcionários e também na hora da contratação de novos funcionários.

4. Perda de parceiros

Como uma consequência da má reputação, é iminente a perda de parceiros e fornecedores por empresas que não tratam o tópico de proteção de dados com seriedade.
 
Isso ocorre porque, como explicado anteriormente, se uma organização não trata de forma devida os dados dos seus clientes, por lógica ela não deve tratar corretamente também os dados de seus parceiros.
 

5. Quedas nas vendas

De longe, o impacto negativo mais comum é a queda nas vendas. Quando o assunto é proteção de dados, muitos consumidores preferem abandonar um produto ou procurar uma nova solução, a fim de garantir que seus dados estarão seguros.
 
Para exemplificar, em 2011, a Sony foi alvo de um roubo de dados por meio da PlayStation Network, afetando mais de 70 milhões de contas. Apesar de a empresa atestar que os dados estavam criptografados, o que dificultaria o acesso às informações, muitos jogadores decidiram desistir de suas ligas profissionais do PlayStation e migrar para o menos popular Xbox.
 
A negligência com a proteção de dados pode impactar negativamente uma empresa de muitas formas, criando diversos impedimentos para a continuidade e crescimento dos negócios. Por isso, é essencial que as empresas desenvolvam estratégias e adotem ferramentas para garantir que todos os seus dados sejam tratados de maneira segura.
 

Conte com ferramentas seguras para a proteção de dados

Um dos passos fundamentais para a conformidade da sua empresa com as legislações de proteção de dados é utilizar ferramentas que já ofereçam segurança comprovada no tratamento de dados. Esse é o caso da SAP Concur Travel & Expense, que faz a gestão de despesas e viagens corporativas, com total facilidade, agilidade e segurança, garantindo a melhor experiência para os colaboradores e gestores.
 
Assim, é possível ajudar as empresas a obter mais redução de custos e promover maior lucratividade, com garantia de segurança e proteção. Entre em contato conosco e conheça mais sobre a tecnologia da SAP Concur. 

Tags:

Automação