Dever de diligência: como estabelecer um plano eficaz de duty of care

04/06/2020

Os debates acerca da segurança dos colaboradores e do papel do dever de diligência durante as viagens corporativas tem ganhado cada vez mais espaço no mundo dos negócios, principalmente diante da crise atual, marcada pela pandemia do novo Coronavírus. Agora, mais do que nunca, as empresas precisam se adaptar e reforçar as medidas de preservação, com o intuito de planejarem iniciativas ágeis em casos de emergências.

Um levantamento da GBTA nos revelou que 29% dos gestores de viagens respondentes não sabem quanto tempo levariam para contatar um colaborador durante uma viagem em situações de crise.

Além disso, essa pesquisa aponta que 47% dos viajantes não recebem as informações adequadas a respeito do deslocamento e serviços de saúde ou segurança antes de deixarem o país. Por outro lado, uma verificação da mesma empresa em parceria com a SAP afirma que 60% dos líderes estão gastando mais tempo em duty of care e processos de segurança para profissionais em deslocamentos do que 5 anos atrás. No entanto, os últimos acontecimentos não deixam dúvidas, é necessário reavaliar o dever de diligência e todos os fluxos envolvidos. Para te auxiliar nesse processo, elaboramos um conteúdo completo com o papel dessa estratégia e dicas práticas para estabelecê-la. 

Leia também: Dever de diligência: como o “Duty of Care” impacta a política de viagens corporativas?

Quais são as principais atribuições do dever de diligência?

Na prática, o dever de diligência pode ser definido como todos os cuidados que uma empresa deve ter com os colaboradores durante as viagens corporativas. Conhecido como duty of care, essa prática tem o papel de garantir a segurança do colaborador em primeiro lugar durante todo o trajeto. Como também, permite uma resposta rápida da própria instituição em situações inesperadas, como acidentes, desastres naturais, perdas de voo, erros na emissão de passagem ou reservas em hotéis e, até mesmo, pandemias.

Como estabelecer do dever de diligência?

Para estabelecer o dever de diligência de maneira efetiva, é necessário o planejamento em três pilares principais, são eles:

Avaliar os processos atuais da empresa

O primeiro passo consiste em uma avaliação completa do estado atual do seu negócio e, especialmente, a política de viagens vigente. Algumas perguntas podem te ajudar nessa missão, como: você consegue monitorar os seus colaboradores durante os compromissos externos? A sua empresa dispõe de todas as informações de contato desses colaboradores? Quais são as normas de segurança jamais negociadas durante as viagens (exemplo: credenciais de hotéis ou seguro de vida)?

Com base nessas informações, já é possível descobrir as principais deficiências da instituição e elaborar algumas medidas paliativas para repará-las.

Colocar a experiência do viajante no centro do planejamento

Outro pilar fundamental no alinhamento do duty of care é a percepção a respeito da experiência do próprio colaborador durante as viagens.

Para isso, é válido marcar reuniões e, até mesmo, elaborar questionários a respeito da visão desses colaboradores, suas opiniões e sugestões, com o objetivo de coletar dados importantes que devem ser considerados em todo o planejamento. 

Empregar inovação nos processos

Por fim, em um mundo totalmente globalizado e cada vez mais tecnológico, a inovação é o braço direito do dever de diligência. Nesse cenário, adote ferramentas que facilitem a comunicação com o colaborador, o compartilhamento de informações importantes (como a respeito do deslocamento) e o monitoramento em tempo real.

Saiba mais: Como se preparar para o futuro das viagens corporativas e a importância do dever de diligência?

Conte com a SAP Concur 

A SAP Concur pode auxiliar as empresas na implementação de um dever de diligência efetivo e ágil por meio de um sistema de gestão completo. Estamos atento a todas as mudanças do mercado e necessidades frente aos novos desafios provocados pela pandemia, por isso, desejamos auxiliar as organizações por meio da inovação e mobilidade. Para isso, fornecemos um mapeamento dinâmico dos destinos dos viajantes e estimativas dos níveis de risco associados, viabilizamos o envio de mensagens bidirecionais, além de informações sobre análises e recomendações pré-viagem.

Deseja saber mais? Entre agora mesmo em contato e conte com todo o suporte do nosso time.