Gestão financeira e orçamentária: por que sua empresa precisa da revisão orçamentária?

21/05/2020

Os desafios promovidos pela crise atual têm suscitado disrupções significativas nas empresas, principalmente em relação à revisão da gestão financeira e orçamentária. Uma das razões elementares dessas mudanças é a adequação do mercado ao momento. Nesse sentido, surge a necessidade de atualizar práticas, estratégias e, sobretudo, as prioridades de investimentos da organização. De modo geral, a revisão orçamentária pode ser definida como uma ação que analisa todos os planos implementados em comparação com as metas estipuladas em um determinado período. 

Existem alguns motivos que podem inspirar esses diagnósticos além das condições do setor, como mudanças legislativas, alterações de parceiros de negócios, aberturas de novas empresas, expansões ou, ainda, problemas internos. Dessa maneira, é possível obter informações contundentes e atualizadas a respeito da saúde financeira de uma corporação. Além disso, um gerenciamento muito bem aplicado permite a reavaliação de fluxos e a implementação de rápidas ações paliativas em casos de retornos negativos.

Você pode se interessar: 7 principais práticas da gestão estratégica de custos

Por que fazer a revisão da gestão financeira e orçamentária?

Há uma série de razões para implementar a revisão da gestão financeira e orçamentária na sua companhia, dentre as principais é possível citar a redução de custos. Com dados completos pode-se identificar gargalos com facilidade e cortar investimentos desnecessários. Como também, esse processo realinha todas as movimentações da empresa e permite a criação de novas metodologias para aumento das receitas.

Por fim, a revisão do gerenciamento de recursos aprimora a eficiência da corporação e potencializa a força de trabalho, produtividade e relacionamento da empresa com os stakeholders

Como implementar a revisão orçamentária?

O primeiro passo para implementar uma revisão orçamentária eficiente é a elaboração de um orçamento empresarial completo e a determinação de um período. Para tal, é imprescindível compreender todos os gastos fixos e variáveis da empresa, possíveis investimentos e outras aplicações, além de estipular metas. A partir desse processo, é momento de criar cenários possíveis e alternativos para a sua organização, como também planos de ação para cada um desses processos.

Por exemplo, qual seria a estratégia adotada por sua empresa caso o concorrente baixasse exorbitantemente os preços e começasse a ganhar um espaço considerável entre o seu público? Ou, ainda, se algum dos fornecedores aumentasse em 15% o valor do produto? É importante que essas possibilidades estejam não apenas dentro da realidade da sua empresa, mas também de acordo com as perspectivas do setor de atuação e do público, de modo a elaborar planejamentos que sejam efetivos.

Finalmente, é momento de acompanhar a gestão financeira e orçamentária conforme as metas definidas, custos envolvidos e todas as despesas do período. É válido reforçar que compete reavaliar os processos sempre que necessário ou ao final do tempo estipulado.

Veja mais: 6 vantagens de usar um software para gestão financeira e orçamentária

Conheça o SAP Concur Expense

O SAP Concur Expense é um sistema de gerenciamento de gastos completo e inovador. De modo geral, possui ágil implementação, design intuitivo e responsivo, permitindo o rápido controle de custos de uma organização. Além disso, a plataforma se adequa totalmente às políticas da sua empresa, facilitando os trâmites fiscais, a gestão financeira e orçamentária e a administração por parte dos gestores ou responsáveis.

Quer saber mais? Entre em contato agora mesmo e conte com todo o suporte da SAP Concur.