Cultura organizacional: como manter o bem-estar dos colaboradores em meio à pandemia

28/04/2021
A cultura organizacional sempre foi um pilar para a manutenção do bem-estar dos colaboradores e também para garantir maior satisfação com o trabalho. No entanto, com a adesão de 43% das companhias ao home office em decorrência da pandemia da Covid-19, de acordo com a BTA, muitos gestores e líderes subestimaram a importância da cultura organizacional no novo cenário.
 

Como o home office afeta o bem-estar dos colaboradores?

Uma pesquisa da Universidade Harvard Business School verificou que 81% dos trabalhadores em home office preferiam continuar atuando nessa modalidade ou no trabalho híbrido mesmo com o fim da pandemia da Covid-19.
 
Em contrapartida, um estudo da Universidade do Sul da Califórnia constatou que o home office ampliou a jornada de trabalho em 1,5h. Além disso, 64% dos entrevistados relataram problemas físicos de saúde e 75% problemas mentais.
 
Outro estudo verificou que 42% dos adultos nos Estados Unidos apresentavam sintomas de ansiedade ou depressão em dezembro de 2020. Portanto, apesar de muitos gostarem da modalidade, ela tem afetado negativamente a qualidade de vida dos profissionais e, inclusive, foi responsável pela redução da satisfação com o emprego.
 
No Brasil, uma das mudanças decorrentes do home office é que 8% dos brasileiros começaram a trabalhar após as 22h, estendendo o horário de trabalho pela madrugada, de acordo com a Nielsen.
 
Dessa forma, apesar dos diversos benefícios relacionados ao home office, é preciso que os gestores e líderes adotem uma postura proativa para mitigar situações que causem mal-estar aos colaboradores. Além disso, a cultura organizacional deve ser disseminada, de forma a valorizar uma rotina de trabalho mais saudável e resiliente devido aos desafios inerentes da vida durante a pandemia.
 

Qual a importância da cultura organizacional durante o home office?

A cultura organizacional consiste no conjunto de valores, crenças e ações que definem a condução de uma organização.
 
Dois exemplos opostos de cultura organizacional é um ambiente no qual o gestor afirma que um relatório deve ser entregue no dia x, independentemente das condições do colaborador ou de um problema de saúde na família.
 
Outro caso é um gestor que dá abertura para que os colaboradores exponham quando estão enfrentando problemas pessoais ou familiares, buscando uma alternativa que atenda às necessidades do negócio, sem desumanizar a experiência do indivíduo.
 
Diferentes fatores podem impactar esses cenários, mas a cultura organizacional influencia as atitudes dos gestores, como dar ou não abertura para demandas dos colaboradores, e também dos profissionais, que se sentem mais ou menos acolhidos pela empresa.
 
Os desafios relacionados à pandemia demandam que as empresas fortaleçam, mais do que nunca, a própria cultura organizacional, valorizando a manutenção da saúde física e emocional dos colaboradores.

Boas práticas para melhorar a cultura organizacional no home office

Para que a empresa possa ter processos mais resilientes e, portanto, ter a resiliência enquanto um valor, é determinante ter profissionais que também sejam saudáveis e resilientes. Algumas formas de estimular esse cenário incluem:
  • Criar um ambiente de trabalho que apoie genuinamente a saúde física e mental, como por meio de uma infraestrutura adequada, suporte psicológico e atenção médica;
  • Estimular o diálogo e a conscientização sobre o assunto, informando sobre sintomas relacionados à depressão, ansiedade e Síndrome de Burnout, acolhendo os profissionais e criando uma forte rede de apoio;
  • Construir iniciativas e programas para que os profissionais saibam tornar o home office mais saudável, garantindo tanto a produtividade como o bem-estar;
  • Conceder novos benefícios aos funcionários, como um auxílio psicológico;
  • Fornecer recursos para melhorar a experiência do colaborador no trabalho remoto, como uma política de reembolso para cadeiras e mesas de escritório, cursos de qualificação e demais despesas do profissional relacionadas ao home office.

Conheça a SAP Concur

Uma cultura organizacional resiliente, transparente e humana é fundamental para que os profissionais enfrentem o período de pandemia e home office também com mais consciência, motivação e apoio, garantindo a superação dos desafios relacionados ao período.
 
A tecnologia é fundamental para que tais valores não fiquem só no campo teórico e impactem o cotidiano dos colaboradores. A SAP Concur, por exemplo, por meio do SAP Concur Expense, facilita a gestão de despesas do home office. 
 

Tags:

Tecnologia