Como fazer uma gestão estratégica de gastos em tempos de crise?

20/05/2020

Uma das ações mais emergenciais para minimizar os impactos da crise atual nos negócios é a implementação de uma gestão estratégica de custos e a otimização de gastos. Entretanto, essa prática pode ser um grande desafio para diferentes empreendedores, isso porque envolve uma curadoria precisa dos recursos da organização e complexos relatórios tanto financeiros quanto contábeis. De acordo com um levantamento realizado pela Granatum, 32% dos respondentes declararam que não sabem quais são as receitas da sua empresa e 51% não fazem qualquer planejamento financeiro. Nesse sentido, a ausência de um controle assertivo pode ser um dos desencadeadores de baixas significativas nos negócios em tempos de instabilidades do mercado.

Para se ter uma ideia, uma pesquisa realizada pela PwC a respeito dos efeitos do novo Coronavírus nos revela que 68% dos respondentes esperam uma diminuição de 10% a 50% nas receitas. Para te ajudar a implementar uma gestão estratégica de custos efetiva e otimizar as despesas da sua organização, elaboramos um conteúdo completo. Confira.

Veja também: Gestão de despesas corporativas: os principais problemas e como superá-los

Como fazer uma gestão estratégica de custos?

O planejamento de gastos é estabilizado pelo levantamento completo de informações a respeito do negócio. Por meio desses dados, os gestores possuem elementos suficientes para embasar as tomadas de decisões e organizar planos de ação que sejam realmente positivos. Mas para que seja implementado de maneira eficiente, é importante seguir algumas diretrizes, tais como:

Tenha um fundo de reserva

O primeiro passo para estruturar uma gestão estratégica de custos durante uma crise é criar um fundo de reserva através da análise detalhada da sua empresa. Na prática, esse valor deve ser guardado separado dos recursos utilizados para manutenção do negócio e pagamento das despesas fixas, como uma espécie de “poupança”. Essa reserva permite previsibilidade em casos de emergências financeiras e ainda protege a empresa de possíveis baixas. 

Priorize suas despesas e custos

Outro processo importante para assegurar uma gestão estratégica de custos eficiente é estabelecer prioridades de despesas. Para isso, deve-se identificar todos os gastos fixos e variáveis, como também os investimentos internos e externos. A partir desses dados, é momento de definir quais custos são realmente importantes para funcionamento dos negócios e reduzir aplicações.

Entretanto, é essencial ter cautela no momento de cortar gastos, isso porque uma ação mal feita pode desencadear graves prejuízos para a organização, afetar a eficiência do time e, ainda, o relacionamento da empresa com o seu mercado de atuação (como fornecedores e clientes).

Leia mais: Por que investir em um sistema de controle de despesas? Veja 7 razões

Adote ferramenta de controle de custos e despesas

Por fim, para uma gestão estratégica das finanças, é indispensável contar com o auxílio da tecnologia. Nesse sentido, a melhor iniciativa é adotar uma ferramenta para controle de custos e despesas. Na prática, esse recurso auxilia na visualização holística dos gastos da empresa, reduz erros providos de atividades operacionais, minimiza gargalos e permite tomadas de decisões mais assertivas baseadas em dados reais e atualizados. 

Conheça o SAP Concur Expense

O SAP Concur Expense consiste em um sistema de gestão estratégica de custos completo e inovador. Com um layout intuitivo e otimizado, o software se adequa às políticas internas da empresa e pode ser acessado por qualquer dispositivo conectado à internet. Além disso, fornece todo o suporte que uma organização precisa para reduzir gastos com eficiência e otimizar a operação. 

Como também, permite escalabilidade e a mobilidade necessárias para a adequação digital. Possui alguma dúvida? Entre agora mesmo em contato e saiba mais.