Ninguém sabe o futuro, mas confira estas cinco suposições.

Manter-se a par dos gastos ao se manter a par das mudanças.  

Nossa primeira previsão é que você não estava planejando ler este blog na íntegra. Mas vamos mudar essa expectativa com uma simples afirmação:  

Como, onde e por que dos gastos corporativos mudaram drasticamente,  

e se você não mudar a forma como gerencia esses gastos, acabará pagando por isso. 

Então, como você se antecipa às mudanças nos gastos dos colaboradores acarretadas por uma nova cultura de trabalho em qualquer lugar? Como você migra do modo de sobrevivência dos últimos 18 meses para uma mentalidade de crescimento? Como você, finalmente, assume o controle sobre os gastos quando está às voltas com novas despesas, novos tipos de pagamento, mudanças nas expectativas dos colaboradores, demandas por sustentabilidade e o desejo de escalabilidade?  

De acordo com nossas conversas recentes com a Accenture, você repensa seu sistema de gestão de viagens e despesas para encontrar maneiras de avançar mais rápido, melhorar continuamente os resultados e se adequar ao que está por vir.  

 

1. O risco irá piorar. A conformidade irá melhorar.  

Quanto mais mudanças, maior é a incidência de risco e fraude. Entre 2019 e 2020, por exemplo, (uma época, caso você se lembre, de mudanças um tanto profundas), as violações de gastos aumentaram em impressionantes 292%.1 Como líder financeiro, você precisa que as estratégias e os sistemas se adaptem imediatamente à mudança e, por fim, mantenham os riscos à distância. Parte da solução para reduzir os gastos fora de conformidade é, obviamente, simplificar a conformidade. Ferramentas inteligentes como IA e machine learning podem ajudar a orientar os colaboradores para melhores escolhas e, com processos de auditoria humana e baseados em IA, é possível identificar mais gastos que infringem as políticas.  

 

2. A governança de gastos será muito mais interessante do que parece.  

Para acompanhar a evolução das tendências de gastos, você precisa registrar e analisar todos os seus dados de gastos. Para tanto, implante ferramentas de automação inteligentes que supervisionem tudo, desde transações a créditos fiscais, e, em seguida, use esses insights em tempo real para melhorar o controle sobre os gastos com viagens e despesas, aprimorar a eficiência do processo e aperfeiçoar sua capacidade de previsão.  

 

3. Viajar não será mais um jogo de adivinhação.  

Antes da pandemia, as empresas dificilmente tinham ideia de onde seus colaboradores estavam ou quando voltariam. Hoje, essa opção simplesmente não existe. A solução certa para viagens e despesas registrará os itinerários independentemente de como eles foram reservados. Ela também oferecerá a você a capacidade de aprovar previamente as reservas antes que o dinheiro seja gasto, ao mesmo tempo em que fornecerá aos viajantes orientações a respeito de tudo antes da viagem, desde pontuações de segurança da região até restrições em virtude da Covid-19 e transporte sustentável. Assim, a segurança está garantida, tanto para eles, que viajam, quanto para você, que pode equilibrar seu orçamento.  

 

4. Gostar do seu trabalho será realmente um diferencial.  

Trata-se da experiência do colaborador – não se trata de facilitar o trabalho dele, mas, sim, de eliminar a tarefa sem sentido e entediante do processo para que todos possam fazer o que foram contratados para fazer. As tarefas que são uma perda de tempo a que nos referimos? Caçar recibos, redigir relatórios de despesas, alternar entre sistemas para concluir uma tarefa simples – essas coisas. A automatização desses processos também elimina erros para que você obtenha informações de despesas mais precisas e os colaboradores possam desempenhar o tipo de trabalho que os ajuda a se sentirem produtivos e engajados.  

 

5. Você pode a falar com confiança sobre crescimento mais uma vez.  

Seus colegas estão se preparando para crescer – 84% deles têm pelo menos uma meta relacionada ao crescimento para o próximo ano e três quartos estão mais otimistas sobre o próprio crescimento em comparação com o da economia global2. Por que o copo está meio cheio? Eles têm dados em tempo real que mostram se suas políticas e seus procedimentos se encaixam ou não nos padrões de gastos atuais, e onde não se encaixam, eles dispõem de ferramentas inteligentes para fazer as mudanças necessárias. Então, em vez de tentar fazer as coisas da maneira que sempre foram feitas, eles estão se adaptando, automatizando, prevendo com precisão e auditando tudo. É assim que eles estão progredindo e esta é a única maneira de crescer.  

Agora, se você chegou ao final deste blog, parabéns por contrariar nossa primeira previsão. Se você quiser ver por que temos razão em relação às demais, confira o artigo técnico.  

 

1Relatório SAP® Concur® Spend Insights 

2SAP Concur e Economist Group, relatório Ready, Reset, Grow (Preparar, redefinir, crescer)